A propósito da suspensão do Festival de Jazz de Garanhuns, há um ano atrás, exatamente no dia 19 de dezembro de 2015, em declaração ao Jornal do Comércio, na primeira página do Caderno C, a Secretária Gerlane Melo (sem qualquer intervenção do Sr. Prefeito) da Prefeitura de Garanhuns declarou que:

“A DECISÃO FOI TOMADA DE MANEIRA COLETIVA POR OUTRAS SECRETARIAS ENVOLVIDAS NO PLANEJAMENTO. A GENTE TEVE A SENSIBILIDADE DA IMPORTÂNCIA DO EVENTO, PORÉM COM A CRISE ECONÔMICA QUE TODOS OS MUNICÍPIOS ESTÃO PASSANDO, NÓS TÍNHAMOS QUE ABRIR MÃO DE UM DOS GRANDES EVENTOS QUE REALIZAMOS. E O RESULTADO DO LEVANTAMENTO NOS TROUXE OS DADOS DE QUE O JAZZ ERA O QUE TINHA O MAIOR CUSTO/BENEFÍCIO. ELE FOI SUSPENSO, MAS DEVE SER RETOMADO EM 2017.”

Como o Sr. Prefeito não participou da decisão e ela foi tomada apenas por algumas “SECRETARIAS ENVOLVIDAS NO PLANEJAMENTO”, e fala expressamente em “SUSPENSÃO” resta o compromisso assumido, formalmente, pela Sra.Secretária – como porta-voz da Prefeitura – de que “O FESTIVAL DE JAZZ DEVE SER RETOMADO EM 2017” !

Por sua reconhecida competência, a Secretária Gerlane Melo deve saber muito bem que eventos como festivais não deveriam ter sido suspensos, em nome da continuidade e do desenvolvimento crescente exigidos para sua consolidação, mas, de qualquer forma, resta-nos apelar para que o compromisso seja cumprido e que seja retomada a continuidade do Garanhuns Jazz Festival.

Diante do sucesso do Natal de Luz, fica muito claro a importância da realização de festivais já consagrados. Quanto mais melhor: é mais renda, mais geração de emprego, mais produção de riquezas que beneficiam desde o pipoqueiro aos hoteleiros. Que bom seria nossa terra contar com muitos mais festivais que, independentemente de sua paternidade, contribuam para assegurar o desenvolvimento real de nossa cidade. Que venham Natal de Luz, Mestre Dominguinhos, Festival de Inverno e Festival de Jazz, em fim, todos que possam alavancar nossa prosperidade. Lutemos para sair do maldito 11º lugar a que fomos impiedosamente atirados.

Está na hora de cobrar da Prefeitura Municipal de Garanhuns a retomada do Garanhuns Jazz Festival. conforme o prometido, e assegurar doravante a sua continuidade.

Ivan Rodrigues

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.
O Festival de Jazz de Garanhuns em 2017 – Por Ivan Rodrigues

Post navigation


2 thoughts on “O Festival de Jazz de Garanhuns em 2017 – Por Ivan Rodrigues

    1. Independente da posição dele, Garanhuns já perdeu o evento pra Gravatá, por conta da gestão municipal não querer mais realizar o evento, justificando que foi por falta de verba. Sabemos que a população em sua maioria não acredita nessa desculpa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas